Quais são os desafios da educação em tempos de pandemia?

Devido à pandemia do coronavírus, tanto as escolas de ensino fundamental como diversos cursos e faculdades estão com as portas fechadas para que o vírus não se espalhe.

No entanto, muitos funcionários do governo esperam que até 2021 as instituições educacionais possam oferecer aulas presenciais novamente, embora a maioria das pessoas ainda não tenha recebido a vacina.

Claro que, para que isso seja possível, todos os envolvidos com a Educação terão que se adaptar às novas formas de convivência e os estabelecimentos de ensino já estão avaliando todas as mudanças para receber os alunos em maior volume.

A seguir, conheça algumas das principais adaptações que o setor de Educação precisará fazer para que a pandemia não saia do controle em suas escolas, cursos e faculdades.

Promova a circulação de ar tanto quanto possível

Essa medida, na verdade, vem de antes da pandemia do coronavírus: todo espaço compartilhado deve ter circulação de ar suficiente para prevenir a transmissão de todos os tipos de doenças virais.

Pandemia

Portanto, as escolas precisarão fornecer mais ventiladores, por exemplo, além de manter todas as portas e janelas abertas pelo maior tempo possível.

Vale ressaltar que o ar condicionado não pode ser visto como uma solução para deixar o ambiente arejado, pois acaba abrigando o coronavírus e fazendo com que ele se espalhe ainda mais.

O maior desafio tende a ser no período de inverno: se a vacinação contra o COVID-19 não ocorrer até esta estação, alunos e profissionais terão que dobrar as roupas.

Sem compartilhar nada

Quem trabalha com alunos sabe que muitas vezes eles compartilham garrafas de água, por exemplo: para eles, basta passar a camisa pela boca de uma garrafa.

Porém, essa prática será banida no seio da sociedade que convive com a pandemia do coronavírus. As instituições educacionais terão de comunicar aos próprios pais e alunos que as garrafas de água, por exemplo, precisam ser individuais.

Pandemia

Será fundamental que o professor e demais profissionais estejam atentos para repreender os alunos que estão compartilhando objetos para uso pessoal.

Monitorando qualquer pessoa doente

As escolas normalmente não prestam atenção aos alunos que tossem ou espirram, a menos que estejam doentes.

No entanto, em um mundo pandêmico, estudantes e profissionais que dão evidências de que não são 100% saudáveis ​​devem receber acompanhamento para garantir que não seja uma contaminação por coronavírus.

Espera-se que quem está com muita tosse, por exemplo, seja orientado a fazer um teste e ficar em casa até ter certeza de que é apenas uma gripe comum, uma alergia etc.

Um dos principais problemas será o constrangimento e o medo de espirrar por causa de uma crise de rinite ou de um episódio de tosse alérgica. No entanto, o cuidado para evitar a circulação do coronavírus nas escolas terá que superar a limitação.

Máscara necessária

As instituições que já recebem alguns alunos para atividades de tutoria são rigorosas em garantir que todos estejam usando máscara, inclusive seus funcionários.

Pandemia

Para 2021, quando as aulas presenciais realmente voltarem a acontecer, ninguém no ambiente escolar deveria ficar sem máscara e isso inclui Educação Física e recreio.

Quando os alunos estiverem comendo, eles poderão tirar a máscara, mas sem se aproximar dos colegas ou de qualquer funcionário.

Os professores também terão que manter suas máscaras, mesmo ao explicar.

Álcool em gel

Nenhuma instituição educacional pode ficar sem álcool em suas instalações. Portanto, o desinfetante para as mãos deve estar disponível para todos os alunos, profissionais e qualquer pessoa que esteja entrando na escola por qualquer motivo.

O mais recomendado é que a instituição tente oferecer o totem, onde a pessoa simplesmente usa o pé para desencadear a liberação do álcool gel.

Mais do que deixar totens ou frascos de álcool gel à disposição, será fundamental reforçar aos alunos que eles devem sempre usar o desinfetante antes de comer, após trocar as máscaras e em outras situações.

Avalie este conteúdo!

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

Quais são os desafios da educação em tempos de pandemia?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *